Direção

Conselho Diretivo

O Conselho Diretivo, denominado Grande Conselho dos Confrades Cervejeiros, é composto pelo Presidente ou Grão Mestre, um Vice Presidente, um Secretário Geral, um Tesoureiro e um Vogal. A duração dos mandatos é de três anos civis, sendo permitida a reeleição e mantendo-se em funções até à tomada de posse dos novos membros eleitos.

Grande Conselho dos Confrades (2003-2005)

Grão Mestre – Manuel Ferreira De Oliveira
Vice Presidente – João Manuel Jacques de Carvalho Sousa
Secretário Geral – José Manuel dos Santos Pinto
Tesoureiro – António Augusto Monteiro Ferreira
Vogal – Francisco Ferreira Amaral

Grande Conselho dos Confrades (2006)

Grão Mestre – Manuel Ferreira De Oliveira
Vice Presidente – João Manuel Jacques de Carvalho Sousa
Secretário Geral – José Manuel dos Santos Pinto
Tesoureiro – António Augusto Monteiro Ferreira
Vogal – João Paulo de Sousa Reis Mendes

Grande Conselho dos Confrades (2007-2009)
Grão Mestre – António Pires de Lima
Vice Presidente – João Jacques de Carvalho Sousa
Secretário Geral – José Manuel dos Santos Pinto
Tesoureiro – António Augusto Monteiro Ferreira
Vogal - João Paulo de Sousa Reis Mendes

Grande Conselho dos Confrades (2011-2013)
Grão Mestre – Alberto da Ponte
Vice Presidente – Nuno Pinto de Magalhães
Secretário Geral – José Manuel dos Santos Pinto
Tesoureiro – João Paulo Mendes
Vogal – Sandra Bomtempo Costa

Grande Conselho dos Confrades (2013-2017)
Grão Mestre – Nuno Pinto de Magalhães
Vice Presidente – Rui Freire (2013-2015)
Secretário Geral – Tiago Brandão
Tesoureiro – João Paulo Mendes
Vogal – Sandra Bomtempo Costa (2013-2015)

Grão Mestre

É a figura máxima da representatividade dentro da Confraria, com autoridade para convocar as reuniões do Grande Conselho dos Confrades e presidir às Entronizações.

Nuno Pinto de Magalhães, atual Provedor e Diretor de Comunicação e Relações Institucionais da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (SCC), é o Grão Mestre.

Assumiu a liderança da Confraria na XI Cerimónia de Entronização em 2013, na cidade de Braga, que fica ainda marcada pela despedida de Alberto da Ponte como Grão-Mestre.

Discurso:

 “Hoje é um dia muito especial para mim porque tenho a honra e a responsabilidade de assumir, perante todos vós, o cargo de Grão-Mestre da Confraria da Cerveja, sector com o qual colaboro há cerca de 40 anos.

Honra por representar, como Grão Mestre, esta tão nobre Confraria que há 10 anos promove a paixão pela cerveja em Portugal, contribuindo para a sua divulgação, prestígio e dignificação, procurando quebrar preconceitos e mitos, bem como relevar a importância do sector, ao nível da sua inovação, do seu investimento, da sua empregabilidade, da sua preocupação com o meio ambiente e consumo responsável, do seu papel como Exportador, da sua ligação á cultura, desporto e lazer e do seu forte contributo para a economia nacional.

Responsabilidade por suceder a personalidades tão relevantes na Sociedade Portuguesa, como o Eng.º Manuel Ferreira de Oliveira, o António Pires de Lima e agora o Alberto da Ponte, procurando conduzir esta confraria com o mesmo empenho, dedicação e notoriedade, como os meus antecessores o fizeram, na missão de continuar a alargar progressivamente o número de Confrades e a reforçar a sua ligação e envolvimento com a Cerveja.

A todas as novas Confradesas e Confrades o nosso muito obrigado por terem aceitado o convite, para fazerem parte desta Confraria.

Obrigado á Universidade do Minho por nos receber na vossa casa! Obrigado á CM de Braga por todas as facilidades! Obrigado também a todos aqueles que ajudaram a organizar este momento!

Um agradecimento especial ao José Pinto pelo seu inestimável apoio a esta Confraria, como Secretário Geral, desde a primeira hora!

E agora peço que me acompanhem num VIVA Á CERVEJA! VIVA A CONFRARIA DA CERVEJA!”

Ver mais Ver menos

Histórico

Em 2015, iniciou-se a homenagem aos anteriores Grão Mestres com a atribuição de uma Caldeira de Prata, símbolo do mérito e contributo para a divulgação, prestígio e dignificação da Confraria da Cerveja.

GRÃO MESTRES

Grão Mestre
(2003-2007)
Manuel Ferreira De Oliveira foi Presidente Executivo da Unicer de 2000 a 2006.

Grão Mestre
(2007-2011)

António Pires de Lima foi Presidente Executivo da Unicer de 2006 a 2013.
Grão Mestre
(2011-2013)

Alberto da Ponte foi Presidente Executivo da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (SCC) de 2004 a 2012.

 

SECRETÁRIOS GERAIS

Secretário Geral
(2003–2013)

José Pinto, quadro da Unicer desde 1987.
2º Secretário Geral
(2014–2017)

Tiago Brandão, quadro da Unicer desde 2014.